Posts tagged ‘serra’

Travessia Heroina

Esta semana, fui convidado para a premier do documentário sobre Tancredo Neves, evento badalado, estavam á Serra, Alckmin, Aécio, Ronaldo Fenômeno, Barros Munhoz , Roberto Civita e varias autoridades e empresários…

Sem dúvidas “Tancredo – A Travessia” faz ode ao presidente, a seu poder conciliatório, e principalmente faz o que o Brasil precisa, cria os políticos de bem, nos estadistas que de fato temos a figura do herói do povo.

É claro que tais heróis são humanos e por tanto tem seus pecados como todos.

Tancredo por exemplo, é o exemplo da mineirice, raramente é visto à frente, sempre no backstage, talvez seja o maior articulador de terras tupiniquins e isto fez da transição da ditadura brasileira um exemplo mundial que reflete o jeitinho que o brasileiro dá. Não se pode dizer que ele liderou esta transição, este titulo balança entre Ulysses Guimarães, Franco Montoro ou mesmo Teotônio Vilela, mas é fato que não fosse a articulação de Tancredo Neves nada aconteceria.

  Sou favorável a termos heróis brasileiros, mas não se pode negar que Tancredo fez sim aliança com Deus e Diabo, vendeu-se ( apesar dos nobres princípios) a torto e a direito. Refletindo a historia, não duvido que ele próprio, ciente que o candidato nas diretas seria outro, tenha articulado a não aprovação das mesmas fazendo dele, enquanto senhor dos salões do parlamento fosse o presidente do Brasil.

  Ademais, devo observar que o filme apesar da alta qualidade, já se declara eleitoral quando coloca depoimentos de José Serra que naquele momento era apenas assessor de Montoro e não teve grande participação. Acredito que o fizeram para evitar falatórios, não ficou bem.

O filme fala de um mineiro extremamente amineirado, do bom trato, da conversa boa e da simplicidade, e a produção também é assim: Gal Leônidas e o presidente Sarney deixam de ser as figuras repudiosas que são cotidianamente atacados como inimigos do povo, e se tornam personagens históricos inofensivos e respeitáveis! Neste mérito não entro, de fato tem muito a ensinar, bem ou mal, eles tem muita historia, mas daí a deixá-los agradáveis e bonzinhos, torna patético…

Quero mais é eu continuem fazendo documentários de heróis brasileiros num jeito mineiro que deixa tudo que é daqui belo, nacionalista que ou, quero filme sobre Teotônio, FHC e Assis Chateaubriand…

Só não podia deixar de falar, que o Júlio Semeghini que se sentou a meu lado, pareceu também não estar gostando das gargalhadas da Fafá de Belém, que em dado momento inventou de rir e comer pipoca ao mesmo tempo…. 

 

A Primeira Vez Agente Nunca Esquece

 Crianças pintadas de azul e amarelo carregavam bandeiras apoiando José Serra  Foto: Ivan Pacheco/Terra

  No ultimo sábado, estive presente na passeata da juventude tucana do estado de São Paulo, que foi simplesmente incrível, e não digo que foi incrível por ser a minha passeata, mas por ser um marco, a exemplo dos participantes, que estavam La na por serem pagos como em muitos casos acontece, mas sim por defenderem aqueles ideais, e ainda mais incrível foi ver um casal de cadeirantes militando, com adesivos nas roupas e bandeiras presas nas cadeiras de roda, isso sim foi belo de se ver, um exemplo a grande parte da população que nã0 participa da vida política do país e apenas confia em certo telejornal e por tanto, acredita que o atual governo é bom. Este casal foi um divisor de águas no pensamento que tinha sobre os que não se interessam em política, pois deixaram claro que são grandes participadores,  alem de trabalharem e estudarem, enfim, são provas de que seguir a vida publica não é difícil e que é sim, dever de todos.

  Outro fato fascinante foi ver, de dentro,a presença do espírito do bem, sabem….todos os presentes querendo apenas o bem da nação, tentando expressar e convencer os outros a trocarem um feriado prolongado, por um feliz ano novo.

 É ótimo ver uma manifestação com tanta cor, tanta musica e tanta emoção, com paz, lembrando que democracia veio para que não haja agressão nem tirania.

 Jovens usaram roupas azuis e capacetes com adesivos, em protesto ao ato de agressão que Serra sofreu na última quarta-feira (20)  Foto: Ivan Pacheco/Terra Foi interessante quando no semáforo parado dum caro bastante velho abriu-se a janela e as mulheres que nele estavam gritaram “Serra, vai tomar no cu.” E fecharam o vidro rapidamente, esperando alguma agressividade dos quase mil presentes, quando nos apenas mostramos a atitude que um movimento democrático poderia ter, as ignoramos, pois é este mesmo tipo de gente que agrediu Jose Serra, e que votou em Dilma, as pessoas que imaginam que um pais depende apenas e um partido, quando é muito maior que isto depende de um sentimento comum de amor à pátria. É deste pensamento que o Brasil esta repleto, e é este mesmo pensamento que fez surgir o mensalão,  dólares na cueca, crise no senado, e o total desprezo à política em nosso jovens.A Juventude do PSDB e de partidos aliados reuniu neste sábado (23) jovens militantes em uma manifestação pró-Serra  Foto: Ivan Pacheco/Terra

Esta visão de um Brasil de pobres e excluídos que recebem uma esmola para continuarem calados tem que acabar, temos de fornecer cultura, laser, formação profissional, saúde e ARTE.

Para o Brasil crescer no rumo certo.