O leitor ávido percebeu que ultimamente tenho feito postagens relacionadas À minha tão amada Pátria, pois bem, o fiz para fomentar este texto, que alias, vem mais como um desabafo À maneira como as pessoas ( e ao dizê-lo incluo os próprios brasileiros) vêem o Brasil.

  É incrível, ao pensar Brasil, logo se imagina Samba, Caipirinha e Bunda, é claro que isto é Brasil, mas não apenas isto constitui um pais tão grande em terra e maior ainda em espírito.

 Precisamos nos lembrar sempre, que temos muito alem das praias, precisamos deixar vivo o conhecimento das riquezas culinárias, da das lanças locais, das musicas, da arte…

Ai as pessoas dizem que o pais esta bem visto no exterior devido à Lula, MENTIRA, o mundo não vem nem 10% de nosso pais, afinal, é muito fácil vender para o resto do mundo um Brasil assim, difícil é falar para o primeiro-ministro italiano “Yes, nós temos Aleijadinho, Almeida Junior e Volpi é nosso sim, apenas nasceu na Itália por engano” e deixar claro que aqui existe sim arte erudita, fico enojado ao ver como ninguém percebe que somos o pais de Villa Lobos, de Portinari, de Tarsila, etc.

  E o maior culpado é próprio brasileiro, dos quais sem duvidas nem 60% chegou a ler Machado de Assis, ao passo que em Paris fazem uso de sua obra nas faculdades de artes. Ninguém conhece João Carlos Martins, que ao visitar os EUA mal consegue andar livremente. Isto sem falar em Paulo Coelho, que muitos sabe que existe, poucos leram, e menos ainda gostaram, come on , não estou dizendo para amar tudo que é nacional, mas devemos nos orgulhar e dizer “Ok, eu não gosto, mais ainda é made in Brazil”.

 Fico barbarizado, quando me deparo com a grade curricular das escolas fundamentais, que nunca dão a devida atenção ao fomento do nacionalismo.

   Sou categórico ao dizer: De mulher, samba e bebida até eu gosto! Mas precisamos mostrar às nossas crianças a importância histórica/mundial de nosso pais, o povo deve saber e ficar feliz por estar num dos países que aliados na 2º Guerra Mundial, e que talvez os aliados não tivessem dominado a Itália se nós não tivéssemos dominado Monte Castelo.

  E mais, alguém já lhe perguntou qual o pais sul Americano que declarou sua independência sem uma única bala disparada? Ou quantos países instituíram a republica sem o sangue azul de seu monarca manchado a bandeira? Ou ainda, dentre todas as ditaduras Sul-Americanas qual teve inicio por um motivo nobre( mas ainda assim injustificável) e sido finalizada politicamente? BRASIL.

 Há uma descrença geral no Brasil, descrença na terra de São Salvador, descrença na terra de grandes empresas como Votorantin, BrFoods, OGX, Odebrecht, Embraer, Petrobras. Se passa despercebido o sistema bancário mais evoluído do mundo!

 Nos esquecemos de ter orgulho de nossas biodiversidade, da Mata Atlântica, da Amazônia, do Pantanal, de termos a maior cidade gastronômica do mundo, das festas, do rebanho, da soja, d café, do suco de laranja, do ferro. Nos esquecemos de mostrar ao mundo a perseverança do povo nordestino, da nossa leveza de espírito, da descontração, da capacidade Brasileira de conviver com s problemas sabendo que apenas se entristecer não irá ajudar.

Isso tudo é Brasil, mas é claro junto com futebol, caipirinha e feijoada.

 

Brasil, é como amor, uma pequena palavra na qual tudo cabe e nada se entende.

Anúncios